Slide

Salon Line explosão de crescimento, funciona?

Olá! Este deve ter sido o post que fiz o teste do produto com maior paciência! Ano passado recebi da Salon Line alguns produtos de cabelo na Beauty Fair, acabei me desfazendo de 90% deles que eram focados em cachos, mas mantive as opções de crescimento. Como já havia cortado o cabelo na época da feira resolvi testar agora no começo do ano no corte de manutenção que faço a cada quadrimestre.
Quem me acompanha sabe da minha transformação, cortei um pouco mais da metade do meu cabelo longo e mudei do loiro dourado para o acobreado em fevereiro.
Vamos então falar dos produtos antes de eu dar mais detalhes do teste.

Salon Line linha SOS Bomba de Vitaminas

Estes produtos são destinados a cabelos em transição, ou seja, que passaram por processos químicos de alisamento e que querem voltar a ter os cabelos naturais, em menor tempo. Eu não me encaixo nesse público-alvo, mas os benefícios servem também para quem tingiu e precisa que os fios cresçam, ou para aquelas pessoas que adoram cabelo comprido e ele custa a crescer (como foi meu caso, após o corte de transformação).
Xampu SOS Bomba de vitaminas e Tônico capilar | (Imagens acervo pessoal)
Eu recebi apenas esses dois produtos desta linha, no site da marca há explicação dos demais itens que eles possuem. No caso do xampu ele protege a cor do cabelo e tem fórmula com menos aditivos químicos, como sal ou petrolatos, porém, capricha nas substâncias boas como vitamina A, Whey Protein, óleo de rícino e d-panthenol. Ele é específico para ter uma explosão de crescimento, além de dar mais maciez e hidratação (que eu senti sim que manteve).
O bom dele é que é indicado para: cabelos cacheados, crespos, coloridos ou danificados, e eu me encaixo no quesito de querer o crescimento e estar com parte dos fios tingidos.
O cheiro dele é suave e eu sinto que ele limpa bem sim o couro cabeludo, lavo os cabelos em dias alternados e não senti a oleosidade aumentar por ele ter menos sal na composição (que ajuda a fazer espuma).
Já o tônico eu fiquei na mega dúvida de entender como o usa, eu fazia assim, no dia que eu ia lavar aplicava uma quantidade na cabeça e massageava o couro cabeludo cerca de 20 minutos antes de tomar banho e lavar; Ele não é oleoso, absorve fácil no cabelo e o bico é prático para aplicação, o tônico também é de crescimento acelerado.
O xampu custa R$17,90  e o tônico R$15,90 pelo site da marca.

Funciona?

Eu comecei a usar o xampu uma semana antes de cortar o cabelo, já queria deixar o couro cabeludo preparado para começar a ser nutrido antes, não sei se fez "a" diferença, mas foi assim que eu fiz.
Comecei a usar o xampu dia 7/2 , cortei o cabelo dia 14/2 e tingi dia 19/2. Vejam ele no dia em que tingi:
Cabelo depois do corte e antes de tingir dia 19/02 | (Imagem acervo pessoal)
Nesta foto já tinha cortado o cabelo há 5 dias e foi antes de tingir. Vejam a foto de ontem (quando escrevi o post):
Cabelo após 1 mês e 2 semanas de uso do Xampu | (Imagem acervo pessoal)
Agora faz 1 mês, duas semanas e 2 dias que estou usando tanto o xampu quanto o tônico da Salon Line, o condicionador é um comum da Suave apenas para complementar a lavagem.
Conversei com a Vivi do Soho Vila Mariana quando cortei os cabelos e perguntei qual é margem de crescimento dos fios em um mês, ela me disse que varia de 0,5 cm a 1 cm. Eu conheço meu cabelo e sei que ele deve ser o de menor crescimento, tanto que corto apenas 3 vezes por ano porque gosto dele comprido.
Olhando a foto comparativa agora eu acho que cresceu mais rápido e aumentou o tamanho sim nesse um mês e meio de uso, a cor desbotou bastante mas dá para ver o cobre ainda nas pontas, então um ponto a mais para o xampu que promete manter a cor até 45 lavagens.
Agora eu vou testar a linha de crescimento da Muriel Cosméticos, a concorrente, porque aqui é assim a gente vai testando e dizendo qual vale mais a pena. Esperem para o fim de abril o post da Muriel e a comparação entre os dois produtos, lembrando que a Muriel tem vantagem porque ganhei xampu, condicionador, tônico e creme de pentear.
Por enquanto, quem estiver na pressa pode investir na Salon Line porque foi bem eficaz!
Quem mais já testou?
Aproveita e me segue nas redes sociais @vsusaki no Instagram e Twitter e curte a página do blog no Facebook.

6ª edição da Beauty Week: os salões mais desejados com preços promocionais em São Paulo

Beauty Week | (Imagem de divulgação)
 A Beauty Week, um dos principais eventos do calendário de beleza do país, chega a São Paulo para a sua 6ª edição. Famoso por democratizar o mercado e reunir oportunidades únicas para os consumidores, o evento oferece em duas semanas descontos significativos para serviços de hair, make, estética etc., nos salões mais badalados da capital paulista.

O evento acontece entre os dias 27 de março e 9 de abril e trará entre os salões participantes o MG Hair, Marcos Proença, C.Kamura, Salão 1838, Laces and Hair, Espaço Be, LOFT, Jassa, Jacques Janine, entre outros 60 nomes de peso. Todos eles oferecerão durante o período pacotes exclusivos com combinação de três a quatro serviços a preços fixos de R$ 80, R$ 160 e R$ 250.

De acordo com Fernanda Greggio, COO do Salão Vip, responsável pela organização do evento, a Beauty Week é um sucesso por beneficiar tanto o salão, quanto o consumidor. “Nosso intuito é favorecer toda a cadeia. Queremos que as mulheres conheçam os salões mais prestigiados do País, e que sempre desejaram entrar. São experiências únicas a preços muito competitivos, com os melhores e mais badalados profissionais da área. Já para os estabelecimentos é uma ótima ação para atrair novos clientes, além de beneficiar os já frequentadores.”, explica Fernanda.

Segundo Juliana Vieira, responsável pelo marketing do salão C.Kamura, o evento traz oportunidades aos salões já que atrai novos clientes e auxilia na fidelização dos existentes. “Hoje em dia é muito importante buscar parceiros e oportunidades para aumentar o fluxo no salão, bem como atrair novos públicos. Temos clientes, que vêm a cada 6 meses, que nos conheceram pela BW. A cada edição a participação é melhor!”, comenta Juliana.

Para aproveitar esta super oportunidade, basta conferir os pacotes que mais agradam pelo site da Beauty Week e agendar os serviços diretamente com o salão pelo telefone.

Nesta edição, entre os patrocinadores estão GA.MA Italy, Schwarzkopf e Eu amo Charming. Apoiadores do evento Broto de Flor e Impala.
Deem uma olhada em alguns combos:


C KAMURA - EXPRESS

Combo Eu amo Charming R$ 80
Corte Masculino + Shampoo Schwarzkopf Professional

Combo Platinum R$ 160
Tratamento Luxo Schwarzkopf Professional + Escova + Mão

Combo Schwarzkopf R$ 250

Corte Feminino + Tratamento Luxo Schwarzkopf Professional + Escova + Mão


RED DOOR

Combo Eu amo Charming R$ 80

Corte de Pontas Duplas (Split Ender Pro) ou Reconstructor (Hidratação que realça a cor dos seus cabelos) ou Sobrancelha com Visagismo Facial + Manicure

Combo Platinum R$ 160
Corte + Secar ou Hidratação + Escova ou Sobrancelha + Depilação c/Linha (Buço + Rosto)+Manicure +Pedicure

Combo Schwarzkopf R$ 250

Cachos dos Sonhos – B´Curls ou SOS Loiras (Balayage, Ombré, Californiana)+ Tratamento Schwarzkopf Professional + Secar ou Coloração Orgânica + Tratamento Schwarzkopf Professional + Secar 

Top 5 J-dramas para assistir

Oi gente! O post de hoje traz minhas indicações dos últimos doramas que assisti, comecei a ver ano passado e quero continuar achando essas histórias divertidas para passar o tempo.
Dorama é como os japoneses dizem drama, são pequenas séries geralmente baseadas em animes e mangás para live action, uma boa forma de conhecer um pouco da cultura japonesa.
Claro que para quem curte o mundo oriental sabe que além dos japoneses os coreanos arrebentam em boas doses de doramas, assim como os chineses.
Porém, como a pessoa aqui é descendente de japonês, já aproveita para entender como é um pouco do outro lado do mundo.

Vou começar falando de dois doramas que vocês encontram facilmente na Netflix:

Good Morning Call

Este foi o primeiro dorama que vi neste ano, ele conta a história da Nao Yoshikawa que está no segundo ano do ensino médio e decide morar sozinha em Tóquio porque os pais se mudaram para o interior e ela não queria largar os estudos na capital. Porém, para a surpresa dela, o apartamento que ela alugou por um preço ótimo parece ser muito mais valioso, então logo ela descobre que caiu em um golpe e está morando com o cara mais bonito do colégio (isso não é spoiler, tem na descrição do Netflix também).
Good Morning Call | (Imagem via pesquisa Google, origem Pinterest)


Eu gostei bastante da série porque mostra o dia a dia do colégio, como eles se viram para pagar contas, a forma como eles veem o amor e como é difícil expressar os sentimentos. O Uehara é uma pessoa difícil de engolir nos primeiros capítulos, mas quando a trama se desenrola a história dele é contada e você entende as frustrações que ele passa. Claro que dá nervoso várias vezes porque a gente agiria de outra forma, mas a graça está aí, nessa diferença cultural.

Itazura na Kiss Love in Tokyo (Beijo Malicioso em Tóquio)

Não vou mentir, até assisti mais de uma vez! Este também está disponível na Netflix e com as duas temporadas. A história é da Kotoko Aihara que faz um pedido para um estrela cadente para que Naoki Irie (o menino mais popular do colégio) possa um dia gostar dela. Ela escreve então uma carta de amor e o espera no dia seguinte para entregar, porém, ele a renega. Desolada ela tenta seguir em frente, principalmente porque está de mudança de casa, porém, por um azar ou sorte do destino, a casa nova é totalmente destruída por um meteorito deixando ela e seu pai sem ter onde morar, afinal, nenhum seguro cobre destruição por meteorito, né?
O pai recebe um convite de ir se hospedar por uns tempos na casa do melhor amigo que não vê há muito, o Iri-chan. E adivinhem? Eles dois vão morar justo na casa do Naoki Irie.
Itazura na Kiss Love in Tokyo | (Imagem via pesquisa Google)


A primeira vez que vi eu peguei um ódio terrível do Irie-kun (mesmo achando o ator lindo), ele é muito malvado com a Kotoko e parece não expressar sentimento algum por ela até o final. Porém, a segunda vez que vi puder perceber melhor que a expressão de poker face que ele sempre faz (segundo entrevista com Yuki Furukawa, seu intérprete) é de uma pessoa entediada. Ele sempre foi o melhor em tudo o que fazia, tudo para ele era previsível e todas as meninas gostavam dele, porém, com a entrada da Kotoko na vida dele, os desafios e dificuldades apareceram, mostrando que a vida podia ser muito mais emocionante.

A segunda temporada eu acho mais legal porque a gente acompanha o crescimento deles como adultos, assim como os problemas da escolha de profissão e dificuldades de relacionamento, não é à toa que é um sucesso mundial.

Rich Man, Poor Woman

Esta série é mais antiga, mas é uma visão mais adulta para ver das duas primeiras que indiquei. Não tem na Netflix, mas é fácil de encontrar nos sites que exibem doramas. O enredo é a história da Natsui Matsumoto que está no último ano da faculdade e enfrenta o dilema de conquistar o primeiro emprego, é bem legal ver como funciona isso no Japão, porque as empresas vão até as faculdades para selecionar candidatos, e eles é que escolhem quais vão querer após participar dos processos.
O problema é que ela não tem muita sorte e nem muito dinheiro para conseguir roupas melhores para as entrevistas, ou saber o que responder nas fases eliminatórias. Numa última tentativa ela acaba na empresa de TI de Toru Hyuga, que acaba com a moral dela no dia da seleção, porém, ela tem um truque na manga que nem ela lembrava e acaba ganhando uma condição especial.
Rich Man, Poor Woman | (Imagem divulgação)
O mais legal da série é que ela é focada no público adulto jovem e numa competição por poder e amizade. O Toru é um gênio da programação, mas um zero à esquerda em relação a ser uma pessoa amável ou sociável, além disso sofre de uma dislexia que dificulta que ele decore o nome com o rosto da pessoa, o que o torna ainda mais insuportável. Japonês adora isso do homem destratar a mocinha, e ela por ser um amor acaba quebrando o gelo. Por outro lado, é uma história mais palpável de acontecer e conta as dificuldades de se manter uma empresa, um relacionamento e uma carreira.

O japonês que os japoneses não conhecem (Nihonjin no Shiranai Nihongo)

Imaginem ter que dar aula da sua própria língua para estrangeiros e não saber responder a maior parte das dificuldades de interpretação, origem e cultura? Esta série trata justamente disso, o quanto é importante para compreender a língua estudá-la a fundo. Kano Haruko é uma professora que sonha em dar aulas no colegial (processo disputado), mas só consegue um bico numa escola de japonês para estrangeiros e assume o desafio a fim de ganhar uma carta de recomendação. Porém, ela também acaba aprendendo muito sobre a língua japonesa e sobre seus alunos conforme as aulas passam.
O japonês que os japoneses não sabem | (Imagem de divulgação)
Eu sei muito pouco de japonês, mas se estivesse aprendendo a língua teria aproveitado mais cada capítulo do dorama. Ela explica a origem de algumas expressões e ideogramas, assim como precisa mostrar aos alunos como é a interpretação de muitas coisas da cultura japonesa no dia a dia, incluindo o respeito pelos professores. Para quem estiver interessado dá para encontrar os capítulos facilmente no Youtube.

Bitter Blood

Eu ainda estou assistindo, mas de longe é um dos meus preferidos até agora, Sahara é um detetive recém-formado na academia de polícia e que acaba tendo que virar parceiro de seu pai (Gentle), com quem não tem contato ou um bom relacionamento há anos. Para completar a equipe de detetives tem bons profissionais, mas cada um atrapalhado de sua forma. A trama principal é ajudar a descobrir e a prender o assassino do parceiro de Gentle a qual ele não conseguiu salvar anos antes de Sahara virar policial.
Bitter Blood | (Imagem de divulgação)
Mais um dorama adulto que trata de amadurecer o relacionamento entre pai e filho e aprender no dia a dia como é lidar com a profissão, seja com os colegas, com os crimes e consigo mesmo. Gosto muito do Sahara porque ele é todo bonzinho, mesmo sempre acontecendo algo de errado ele sabe sair das situações com coragem. Ainda não sei como termina, mas indico bastante, também é fácil de achar nos sites de doramas da vida.

Gostaram? Eu quero trazer um pouco mais da cultura asiática para cá, principalmente porque é legal entender para quem é mestiço, ou é descendente nascido aqui um pouco do que faz a gente, eu acabei me identificando com várias coisas ao longo das histórias, lembrei bastante da minha avó e entendi algumas dificuldades que tenho e não sabia porque tinha.
Aproveita e me segue nas redes sociais @vsusaki no Instagram e Twitter (comento Terrace House por lá), e curte a página do blog no Facebook, para dar aquela ajuda.


Resenha: Hydra Touch e Dr Alivi Muriel cosméticos

Olá! A resenha de hoje é de dois produtos que recebi da Muriel e estou testando tem quase dois meses, então tenho boas observações para dar.
Os dois produtos são destinados para cuidados da região inferior do corpo, ou seja, pernas e pés, O Hydra Touch é um hidratante que promete combater a aspereza dos pés e deixá-los mais macios, e o Dr. Alivi é um óleo com cânfora que com uma leve massagem ajuda a combater o cansaço das pernas.
Vamos ver o que eu achei?
Hydra Touch e Dr. Alivi Muriel | (Imagens acervo pessoal)
Eu adoro cuidar dos meus pés, acho que é uma região que sofre bastante com o atrito dos calçados e também com a temperatura. Por isso, nesse verão que usei bastante sandálias testei todos os dias após o banho o creme Hydra Touch.
Quando meu pé estava formando pele morta eu passava a lixa antes e hidratava com o creme, e seguia com ele para manutenção. O que notei é que ele deixava o calcanhar hidratado por mais tempo usando uma sapatilha, do que uma sandália. A pele ficava esbranquiçada ao fim do dia, mas sem estar áspera.
Outro ponto positivo é que a textura dele é leve e fácil de absorver, então eu não ficava sambando na rasteirinha ou sandália logo que usava o creme. O cheiro é bem suave de amêndoas, o que é bom porque não gosto de nada forte.
Detalhes textura Hydra Touch | (Imagem acervo pessoal)
Já o Óleo Dr. Alivi eu tenho usado mais agora, quem me acompanha nas redes sociais sabe que faz uma semana que quebrei o dedo do pé, então tenho andado de muleta e usado bem mais a perna direita como apoio. Antes de dormir eu coloco as pernas para cima, para ajudar a circular melhor o sangue, então faço uma massagem com esse óleo, que além de refrescar, tira um pouco da tensão das pernas, achei que ele é ótimo.
Os dois produtos fazem parte do catálogo da Muriel, por uma breve pesquisa na internet encontrei o Hydra Touch numa faixa de preço entre R$8,00 a R$10,50, o Dr Alivi por R$9,00. São dois produtos com uma qualidade muito boa e por um preço acessível.
Aproveita e me segue no @vsusaki no Instagram e Twitter e curte a página do blog no Facebook
Quem mais aí já conhecia esses produtos?

Novidades de março semanas #1 e #2

Olá! Recebi muitos releases nessas semanas, separei as marcas que ainda não tinham aparecido por aqui nas novidades para ficar mais diversificado e dar chances de ter mais variedade de produtos.
Desce o mouse que hoje está repleto de coisas legais!

Bioderma

A Bioderma traz para o Brasil em 2017 seu novo gel de limpeza, com sensação calmante e limpeza micelar, o Sensibio Gel Moussant (R$77,50).
"Sensibio Gel Moussant promove limpeza eficaz e suave, captando e eliminando as impurezas como um imã. Sensibio Gel Moussant remove resíduos de poluição e ainda auxilia na remoção da maquiagem, se tornando a higiene ideal para uso diário para qualquer tipo de pele".
Para completar a rotina das peles sensíveis, Sensibio AR (R$96,50) é o cuidado diário calmante antivermelhidões. Sua fórmula possui uma patente dermatológica exclusiva, a patente Rosactiv®, que reduz e previne vermelhidão, formação de vasos e irritações. 
Bioderma novidades | (Imagens de divulgação)

Coca-cola

Após o lançamento de dois sabores com edição limitada no ano passado (Cereja e baunilha) o refrigerante mais conhecido do mundo traz para o Brasil os sabores: limão-siciliano e laranja.
"Coca-Cola Laranja e Coca-Cola Limão Siciliano foram comercializadas em apenas dois países – Japão e Turquia, respectivamente -- antes de desembarcarem no Brasil. Em formato sofisticado - latas sleek de 310 ml – a novidade por aqui é a redução de quase 30% de açúcar em relação à Coca-Cola original. A fórmula traz a mistura de açúcar e adoçantes."
O preço sugerido para cada lata é entre R$3,49 a R$4,65.
Coca-cola Limão siciliano e Laranja | (Imagens divulgação)
 Everbe Celulite

A Le Grand Pharma me enviou para testar o creme Everbe Celulite, recebi na semana passada e já comecei a usar, assim que der os 12 primeiros dias de uso em que se nota resultados, eu posto a resenha por aqui.
O principal diferencial dele são os ativos cafeína e silício que ajudam a quebrar gordura, diminuir medidas e a retenção de líquido. O preço dele também não é tão absurdo, achei entre R$89,90 a R$109 em uma pesquisa rápida pela internet. Ele já vem com um massageador embutido e achei ótimo para passar nas pernas e barriga.
Everbe Celulite | (Imagem via Google - lojas americanas)
Vivara

A Bela e a Fera está fazendo nossos corações suspirarem, e não é por menos. Um clássico da Disney sendo encenado Live action com Emma Watson é motivo para alegrar nossa geração de 20 a 30 anos. Pensando nos fãs da história a Vivara lançou berloques inspirados no longa, com preços que variam de R$130,00 a R$190,00 (podiam me dar um também).
Vivara coleção A Bela e a Fera | (Imagem de divulgação)
Amaro

A Amaro está com novidades em 2017, desde o seu aplicativo para compras, até sua primeira coleção de sapatos para outono/ inverno.
O nome da coleção nova que estão divulgando é Modern Layers, segue abaixo algumas fotos.
Coleção Modern Layers | (Imagens divulgação)
Zara
A Zara traz ao Brasil a Join Life, sua mais nova coleção de moda feminina totalmente inspirada nas práticas de sustentabilidade.
As peças, já disponíveis nas lojas de todo o país, combinam materiais reciclados com matérias-primas mais naturais e são desenvolvidas a partir de algodão orgânico, lã reciclada e Tencel, um tecido feito da celulose de madeira proveniente de florestas certificadas. Além disso, seu processo de produção consume menos água e energia, cumprindo com padrões mais exigentes de saúde, segurança e sustentabilidade meio ambiental.  
A coleção está disponível nas lojas da marca em todo país, e não foi informado a faixa de preço. Os principais materiais utilizados na fabricação das roupas são: algodão e celulose reciclados, plástico de garrafas recicladas e resíduos têxteis.
Join Life by Zara | (Imagens de divulgação)
 Gostaram? Eu fiquei curiosa com todos os itens daqui, amei a blusa cinza e a branca da Zara! Aproveitem e me sigam também nas redes sociais @vsusaki no Instagram e Twitter e curta a página do blog no Facebook.

Look da vez: jantar de colação

Olá! Semana passada na quinta (09) foi o jantar de formatura da minha irmã (engenheira), resolvi tirar foto do look que usei para mostrar a vocês porque fiz uma modificação significativa para a ocasião.
No convite estava escrito "traje social completo", ou o tal do esporte fino, o mais fácil para não errar é ir de vestido ou saia.
Ganhei no ano passado um vestido lindo no estilo Boho chic, porém, as mangas dele ficavam em mim numa altura ruim, fazendo com que o vestido perdesse a forma na parte de cima quando os braços não estavam para baixo, então resolvi tirar as mangas fora e deixá-lo apenas com a alça, vejam minha produção.
Look completo | (Imagem acervo pessoal)
Mas, Vânia você não tirou foto dele antes? Não gente, tava bem estranho, ele ainda acompanha um cinto de mesma cor para dar aquela acinturada, mas eu encontrei uma pessoa que fez um look com ele do jeito que ele era antes, e consigo exemplificar para vocês:
Camila Coutinho look do dia | (Imagem via Instagram  @camilacoutinho)
Vejam que ela usou um cinto normal para acinturar, uma sandália dourada plataforma, bolsa escura e óculos escuros para esta produção do dia, exatamente com o mesmo modelo de vestido que eu usei.
Para que meu look ficasse mais noite, mantive o cinto original do vestido, tirei as mangas que davam o ar mais casual, coloquei uma sandália nude para alongar minha silhueta, usei uma bolsa mais social e um batom mais escuro:
Detalhes do look | (Imagem acervo pessoal)
Vestido: Bo.bô store
Bolsa vermelha: Coach NY
Sandálias: Prego
Batom: Eudora Rosa Estonteante
Relógio branco: Rip Curl

Eu ainda consigo usar o mesmo vestido para o dia a dia, colocando uma rasteira nos pés e usando uma bolsa maior  mais informal, e usando um cinto diferente. Sem as mangas acredito que deixei ele mais versátil, o que vocês acharam da minha versão?
Aproveitem e me sigam nas redes sociais @vsusaki no Instagram e Twitter, e curtam a página do blog no Facebook.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...