Slide

Resenha: Magic Liss Embelleze

Hoje a resenha vem falar da máscara para cabelo Magic Liss da Embelleze, que tem a função de fazer alinhamento capilar. Eu a recebi no começo do ano junto com o carvão ativado, fiz até o teste em um fim de semana e postei nos stories (segue lá @vsusaki) e não gostei.

O relato de hoje é a minha segunda chance para esta máscara, que recomendo muito! E me fez mudar de opinião com o tempo de uso.

Vamos ver?
Máscara Magic Liss
Eu tenho os fios naturalmente lisos, só que eles são misturados entre grossos e finos, por isso ele é mais pesado e, às vezes, arma. Quando usei a máscara a primeira vez pensei: nossa, mas escovar e fazer chapinha qualquer creme vai deixar o cabelo liso né? Então apenas sequei com o secador, e como efeito que eu esperava, meu cabelo não surtiu diferença alguma. Larguei a máscara lá na caixa de novo e tomei como tempo perdido.

Máscara Magic Liss Embelleze | (Imagem de acervo pessoal)
Uns meses depois, comecei a notar que meu cabelo estava formando uma onda, bem no meio da cabeça. Fui cortar as pontas e questionei minha cabeleireira:
- Por que essa onda tá aí atrás?
Ela me disse que meu cabelo estava com falta de hidratação e que os fios estavam marcados, provavelmente porque estava usando elástico muito apertado. E ela estava certa, o elástico ficava frouxo e eu dava uma volta a mais sem nem notar o mal que estava fazendo para meus fios - se o acessório é barato, é justamente porque o tempo de vida dele é mais curto e temos que trocar sempre.

Alinhamento dos fios

Quando vim do salão para casa voltei a ver a caixa e encontrei esta máscara novamente, e resolvi usar como se fosse uma máscara de hidratação comum e apenas no meio do cabelo, por uns 5 minutos (na embalagem pede 20). Não fiz escova e nem chapinha e usei as três vezes que lavei meu cabelo naquela semana. Resultado? A marca saiu.

Modo de uso | (Imagem de acervo pessoal)
Eu não precisava que os fios ficassem tombados, mas queria que eles ficassem alinhados novamente e achei que o resultado foi muito bom. Sempre que acho que ele tá armando, marcado ou com frizz eu passo um pouco, deixo 5 minutos e enxaguo. Para não usar chapinha, mas fazer com que ele fique mais soltinho eu finalizo, depois de seco, com a minha escova térmica. Que é só pentear, sem nenhum trabalho a mais.

O que achei?

O pote tem 450g, o creme é bem denso e não tem necessidade de usar muito no cabelo, quando eu uso passo um xampu detox antes. 
Assim que você enxagua sente que a textura dos cabelos molhados fica meio "encerada", como se não fosse absorver muita água, não sei explicar. Mas, eu finalizo com condicionador e pronto, seco normal.
Conforme você usa mais vezes nas lavagens, mais soltinho ele fica.
Detalhes do creme Magic Liss | (Imagem acervo pessoal)
Ele rende bastante, voltei a usar desde julho e não chegou na metade ainda. O único contra é que acho que ele tem um leve cheiro de química, depois que lava bem ele sai, mas ao passar você sente.
O preço que pesquisei pela internet é de R$29,90, mas pelo tanto que está durando, acho que uso um pote desses por ano, e meu cabelo já é volumoso.

Gostaram? Quem já usou o produto? Eu estou adorando!

5 dicas de como praticar moda sustentável


Olá! O post de hoje vai falar sobre moda sustentável, vocês conhecem? É uma forma de lidar com o excesso que produzimos e não usamos em vestuário, e o descarte que isso acarreta em nosso planeta.
Não é preciso muito esforço para começar a praticá-la, mas exige que comecemos a prestar mais atenção na forma como compramos, onde compramos e o que fazemos com o que não usamos mais.
Vou dar 5 dicas em forma de perguntas estratégicas, que podem ajudar a melhorar um pouco a forma como você consome moda.

Blusas da Micolet | (Imagens de reprodução)
Por que você vai comprar esta roupa?

Não é apenas porque uma peça é bonita que você deve levá-la, ou porque está barata em promoção. Ela condiz com seu dia a dia? Você vai usá-la para trabalhar, estudar, fazer ginástica ou para lazer? A quantidade de vezes que pretende usar vai valer o preço?
Senão, as peças correm o risco de serem usadas poucas vezes e ficarem enfeitando sua gaveta ou armário. Roupa boa é aquela que é usada muitas vezes!

Suas peças combinam entre si?

Esse é o principal erro de quem compra muito e usa pouco: não conhecer as peças que se tem e comprar algo que combine com o que você quer usar, mas não combina com mais nada do que já tem.
O guarda-roupa precisa ser funcional, para gerar várias combinações e você poder usar tudo bastante e de formas diferentes. As peças devem combinar entre si, com cores, texturas, estampas e a finalidade.
Dividir o armário entre: peças para trabalhar (geralmente menos decotadas, mais elegantes e de tecidos mais finos), peças para passear (permite shorts, transparências, peças coloridas e divertidas, que tenham a ver com sua personalidade) e peças para algo específico como malhar, festas de gala ou eventos sociais.
Isso ajuda a saber o que precisa ser prioridade na hora das compras, e consumir melhor o que já tem.

Blazers da Micolet | (Imagens de reprodução)

Você conhece a marca que consome?

Há muitas notícias por aí que falam de grandes marcas que não respeitam o meio ambiente ou até usam de meios ilícitos na produção, se queremos aderir a moda sustentável a prioridade é escolher lojas que não façam desperdícios na produção, usem materiais sustentáveis e respeitem o meio ambiente.
Entre nos sites das marcas, procure mais sobre a forma de produção, dos materiais, como elas colaboram com o social e o meio ambiente. Muitas vezes, comprar de marcas menores neste meio incentiva também o empreendedorismo e a gerar mais renda e postos de trabalhos para novas ideias.

Você cuida das ruas roupas?

Minha avó sempre me dizia que investir em qualidade é melhor do que investir em quantidade. Se uma peça boa é bem cuidada, ela dura mais e a necessidade de trocá-la leva mais tempo.
Leia as etiquetas e a forma de como lavar e cuidar de cada roupa que tem, isso pode dar um trabalho, mas poupa dinheiro e recursos do planeta. Sabia que o jeans foi feito para ser lavado poucas vezes? Usar menos água e tratar melhor do que se tem é uma dica de ouro.
E se há peças que você se enjoou e ainda estão boas para usar, leve a uma costureira para customizar, assim a reforma sai mais em conta e você dá uma repaginada no que já tem. Mudar a cor de peças 100% algodão é outra ideia bacana que você gasta menos e ganha mais, como um casaco preto desbotado, uma calça branca que está amarelada, seja criativa.
Vestidos da Micolet | (Imagens de reprodução)

Como é o descarte que faz?

Eu costumo doar as peças que não uso quando compro algo novo, isso tira as roupas do fundo da gaveta e ajuda ao próximo. Há vários bazares que usam as roupas doadas para vender mais barato e arrecadar fundos para projetos sociais, como as Casas André Luiz, Exército da Salvação e etc.
Mas, se você quer ganhar uma grana com as roupas pouco usadas, ou nem usadas (muita gente tem peças com etiqueta dentro do armário) pode optar pelos bazares online, e que é uma forma de fazer a peça ter um ciclo de vida maior antes de virar trapo.
A dica desta vez está na Micolet que me procurou para falar um pouco da história deles na Europa e me inspirou a escrever este post.

“Líder na venda de roupas usadas em Espanha, começou como uma ideia de negócio sustentável, tornou-se sucesso e expandiu para Portugal, França, Itália, Inglaterra e Alemanha, a fim de consolidar o seu projeto com três anos de vida.
Ela oferece facilidade em colocar os artigos à venda e aposta num amplo serviço de atendimento ao cliente. Micolet recebe mais de 2.000 peças de diferentes marcas como Zara, Mango, Bershka, Stradivarius, Asos, entre outras na sua sede em Bilbao, Espanha.  A empresa recebe os artigos, passa, fotografa e publica para venda diretamente em seu site em um tempo curto e com preço competitivo, prolongando a vida útil de mais de 500.000 peças de maneira sustentável”.

Eles ainda não trabalham com entrega para o Brasil, mas é uma ideia bacana de comprar marcas tão queridas na Europa por um preço bacana e sendo mais sustentável. Se estiver com alguma viagem marcada para Portugal, Espanha ou alguns dos países em que o site trabalha, faça a compra antes, com calma, veja se a peça combina com o que você procura e peça para entregar no hotel, Airbnb ou casa de algum amigo. Vamos ajudar o mundo a fazer boas escolhas, gastar melhor e usar de verdade aquilo que compra.

Gostaram das dicas? Qual sua maior dificuldade em aderir a moda sustentável? Comenta aí!
As fotos foram retiradas do site da Micolet, para ajudar vocês a se inspirarem.

*Este post foi patrocinado

Milly Bridal e vestidos simples de casamento

Olá! Hoje vim falar mais um pouco sobre o tema festa, principalmente para quem deseja casar nesta crise, não abre mão de uma cerimônia e deseja um vestido de casamento simples, porém lindo.
A Milly Bridal é uma loja online britânica que tem vestidos para festas diversas, seja formatura, eventos, festa de debutante e, principalmente casamento.

Hoje quis fazer uma seleção de vestidos que são elegantes, com poucos detalhes, mas que são lindos e destacam a noiva. Os preços são em libras, mas ainda na conversão eles são bem mais acessíveis, sendo abaixo ainda de preço de primeiro aluguel, ou do próprio aluguel do vestido de noiva.
E, depois que você usar, se não quiser guardar, pode vender também e ajudar outras mulheres a realizar o casamento dos sonhos gastando pouco.

Wedding Dresses UK

Vestidos baratos de casamento

Os gastos de um casamento simples e enxuto sempre vão incluir: cerimônia, festa, espaço, buffet, fotografia e o vestido de noiva.
Então olhem alguns modelos que escolhi para que vocês vejam que dá para economizar, sem ficar feia:


Vestido de noiva curto em Organza | (Imagem reprodução Milly Bridal)
Se for optar por casar nas épocas quentes do ano, ou em cidades em que o calor reina, as opções de vestido curto são uma saída. Deixam a noiva bem feminina, à vontade e é bem jovial. Este modelo custa 129,99 libras, na cotação de hoje, ele sairia por R$658,00 + R$15,00 da taxa dos Correios de produtos importados.

Vestido de noiva em cetim | (Imagem reprodução Milly Bridal)

Caso goste de vestidos longos e mais fluidos, o vestido de cetim é uma ótima opção. Ele não marca tanto o corpo e traz um brilho discreto e elegante, este modelo custa 155,99 libras, o equivalente a R$790,00 + R$15,00 dos Correios - tem gente que paga isso em vestido de festa normal, de convidada não é mesmo?

Vestido de noiva renda simples | (Imagem reprodução Milly Bridal)
 Já se você não abre mão de uma renda no vestido, esta versão com a parte superior trabalhada e tecido fluido na inferior é perfeita. Bom para casamento de dia, no campo, jardim, praia porque é levinho. O modelo custa 125,99 libras que convertidos sai por R$638,00 + R$15,00 dos Correios.

Qual deles vocês mais gostaram? Tem mais modelos por menos de 200 libras neste link: cheap wedding dresses UK.

E se quiser se inspirar ainda mais com os vestidos da Milly Bridal eles estão no Pinterest.

*Este post foi patrocinado.





Recebidos Dresslily

Oi gente! Sábado mostrei para vocês no meu stories, (já me segue? @vsusaki) os dois recebidos da Dresslily, e hoje vim mostrar as fotos e os detalhes.

Fiz o pedido no fim de agosto e recebi os dois produtos nas duas últimas semanas de setembro, eles vieram separados, por isso acredito que não paguei a taxa adicional de R$15,00 que os Correios começaram a cobrar de compras internacionais, antes só eram taxadas compras acima de 10 dólares, após dia 27/08/2018 falaram que todas as compras seriam taxadas, mas ao acompanhar o rastreamento, as duas encomendas passaram pela Receita Federal sem cobrança adicional, então realmente não entendi os critérios de taxação.

Quem gostar dos meus itens, ou quiser aproveitar outros objetos da Dresslily pode conferir como funciona o método de transporte e rastreamento deles, com taxa grátis a partir de alguns valores.

Vamos aos recebidos?

Porta bijuterias fashion

Estou ainda reorganizando minha cômoda, por isso estava a procura de objetos de decoração que fossem funcionais, ou seja, que além de deixar a visão harmoniosa e decorativa, também fossem úteis. Por isso, quando vi este porta bijuterias, fiquei encantada e pedi na hora, ainda mais custando menos de 10 dólares.

Porta bijuterias Dress Lily (Imagem de acervo pessoal)
 Meus colares estavam simplesmente dispostos em cima da cômoda, para que eu conseguisse visualizar rápido e escolher o que gostaria de usar, e com intuito de não "embolarem". Daí, nesta árvore eu posso colocar os mais curtos e deixar anéis pendurados no cisne.

Detalhes do porta bijuterias com acessórios (Imagem acervo pessoal)
O único defeito dele é que a árvore não é tão alta, então os colares têm que ficar presos em dois galhos, como na foto.
Os demais, que eu quiser usar depois, eu vou encaixar dentro da caixa, porque há compartimentos internos, que podem servir para brincos também.
Detalhes dos compartimentos interno (Imagem de acervo pessoal)
 Ainda tenho que terminar de organizar, mas fiquei muito feliz com a compra e a rapidez de entrega - vide que já cheguei a esperar 3 meses para receber encomendas da China e de outros países.

Bolsa minimalista redonda

Este recebido era já um item de desejo meu, acho muito lindo bolsas pequenas e redondinhas, mas nunca achava por aqui por menos de R$100,00 e com um material decente. Pedi este modelo também porque pode ser usado de duas formas: como handbag de alcinha curta ou de alça comprida, com corrente.

Bolsa redonda com alça curta (Imagem de acervo pessoal)
 Agora vem a notícia triste, este modelo já acabou :(

Mas, aqui tem a aba com os modelos de bolsa redonda disponíveis na Dresslily, que tem de palha, de pano, de courino, com estampas e etc. Também com preços mais acessíveis - dependendo da cotação do dólar.

Modelo com a alça de corrente maior (Imagem de acervo pessoal)
Eu a usei para ir passear no shopping e achei bem versátil, fácil de abrir e razoavelmente espaçosa por dentro. Coube celular, carteira e uns itens de make com lencinho de papel.

Look do dia com bolsa Dresslily (Imagem de acervo pessoal)
Ela combina com looks mais despojados e até mais arrumados, em eventos sociais ou na baladinha do fim de semana.
Créditos do meu look:

Calça skinny escura: 7 for all mankind
Camiseta vinho: Youcom
Jaqueta jeans: Levi's
Bota preta: alguma marca X de Gramado
Bolsa preta: Dresslily

Gostaram? Se alguém conhece a loja, comenta se também já comprou algo lá e se teve taxação, isso é importante para nós que gostamos de compras online.  E eles aceitam pagamento por Paypal gente, que é mais seguro.

*Este post foi uma permuta

Inspirações de unhas multi-coloridas

Oi gente! Recebi faz algum tempo um release bem bacana que traz o passo a passo para fazer as unhas tendências o momento: multi-coloridas. Eu estou querendo aderir, mas ainda não decidi qual cartela de tons vou escolher.

Então resolvi postar o passo a passo oferecido pela rede Singu. Vamos ver?
 
Passo a passo unhas coloridas

Uma das tendências que tem dado o que falar em 2018 são as unhas pintadas uma de cada cor. Essa moda conquistou as mulheres modernas e as mais tradicionais, até porque é possível apostar em diversas opções de tonalidades de esmalte. "Não era comum as clientes pedirem uma unha de cada cor, no máximo uma filha única. De uns tempos pra cá isso mudou, tenho várias clientes que estão pedindo", conta Lady Dayane, artista que atende pela Singu, marketplace de beleza e bem-estar.

Para quem quer entrar no clima e aderir à moda, Lady sugere algumas opções para agradar mulheres de todos os estilos.

1) Comece fazendo as unhas como de costume: remova a cutícula, lixe, esfolie e passe a base (esmalte incolor);

2) Escolha uma cor e selecione 05 esmaltes com diferentes tons. Nós escolhemos o Laranja, pois além de ser a cara da Singu, foi eleita pela Pantone, empresa de sistema de cores, como uma das cores queridinhas do ano). Utilizamos os esmaltes da Dailus: "Coradinho" no polegar e anelar, "Atrás do Arco-íris" no indicador, "Pé de Pimenta" no dedo médio e "Luz do Sol" no mindinho;
 
Unhas em tons de laranja | (Imagem de divulgação)
3) A nossa outra opção foi inspirada nas cores do inverno, usamos tons mais escuros e fechados. Essa é uma ótima pedida para aquelas que querem aderir à essa moda, mantendo uma pegada moderna sem perder a discrição. Usamos os esmaltes da coleção "Novos Escuros" da Risqué: "Chamei o Zeca pra Sair" no polegar e no mindinho, "Rainha da Pista Toda" no indicador e no anelar e "De Salto no Asfalto" no dedo médio;
 
Unhas em tons mais escuros | (Imagem de divulgação)
4) A última opção foi feita para você aproveitar aqueles esmaltes bem coloridos que estão no fundo da gaveta. A intenção aqui é ousar e sair da mesmice. Use um para cada unha. Nós usamos as cores da Dailus: "Baba de Unicórnio" no polegar, "Doze Uvas" no indicador, "Semente de Romã" no dedo médio, "Grilo da Sorte" no anelar e "Tromba de Elefante" no mindinho;
 
Unhas com muitas cores | (Imagem de divulgação)
5) Para as suas unhas durarem mais tempo, não esqueça de finalizar com uma camada de extra-brilho (incolor);

Gostaram? Eu vou tentar fazer, se conseguir mostro no Instagram. Já me segue? @vsusaki.

Até mais!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...