Slide

Projeto madrinha: vestidos

Hoje começo o primeiro post da série do projeto madrinha! A Vanessa, colaboradora do blog, vai se casar em maio e me convidou para ser uma das dez madrinhas (haja mulherada!), e como a saga até lá é longa e a gente acaba tendo que se preocupar tanto quanto a noiva com a aparência, resolvi relatar tudo o que conseguir em posts. O que vocês acham?
Comecei a caça ao vestido antes do carnaval, justamente porque os tons pasteis fazem parte das coleções de verão e se eu não pegasse algo rápido, ia ter mais dificuldade perto da data. Eu moro em São Paulo e comecei a saga indo em um shopping que tem 5 lojas especializadas em vestidos de festa: Ibirapuera.
Mas, nem todas tinham os tons pasteis, ou por terem acabado, ou pelo fato de eu precisar de algo bonito mas não tão elaborado (pedras e brilhantes) já que o casamento será na praia.
A primeira loja que provei algo foi a Franlly (loja 117), localizada no Piso Moema e que me mostrou um vestido todo trabalhado na renda e algo entre o tom verde e azul no tom pastel, o preço era na faixa de R$700,00. O problema é que eu achei ele lindo no cabide e estranho no meu corpo, mas deixei a foto aqui para vocês verem:
Muito decotado para minha personalidade (Imagem acervo pessoal)
E era tudo no P e no tom pastel naquela loja. A segunda loja se chama M Morgado (loja 138) e fica no piso Moema também, e lá eu provei dois vestidos, já havia mais possibilidades, porém, teria que fazer muitos ajustes e não senti que era alguma coisa que eu realmente quisesse. Provei primeiro este coral:
Ficou muito grande, e achei que eu apaguei (Imagem acervo pessoal)
O segundo vestido foi o que acabou definindo a cor que eu escolheria para entrar como madrinha, vocês entenderão o por quê:
A parte de cima era gema, e a debaixo pastel (Imagem acervo pessoal)
O amarelo foi a cor que caiu melhor na minha pele, e quando mostrei para Van por Whats ela também achou que eu deveria procurar por algo no tom. O primeiro está R$840,00 e o segundo R$779,00, por conta dos bordados de pérola. 
No outro fim de semana, após o carnaval, fui de novo procurar por algo, desta vez no bairro de Moema (tem muitas lojas nesta região) numa loja chamada Dolps (Rua Gaivota, 1295):
Vestido amarelo pastel e rosé (Imagem acervo pessoal)
Eu cortei minha cabeça nas fotos seguintes porque não estava apresentável, no dia da Dolps eu fui para o PS e fiquei a manhã inteira tomando remédio pra dor de estômago - haja paciência. Mas, enfim, o vestido amarelo era exatamente a cor que eu queria, mas e essa mania de fazer esses decotes no meio dos peitos? Não faz a minha cara, e não tem bojo, na foto o volume é meu sutiã. O tamanho foi 36 e eu não poderia comer uma azeitona, já o rosé ficou largo no 36! Viva ao padrão. E eu, de novo, achei que fiquei apagada, elegendo de vez a cor amarela como madrinha. O amarelo está R$650,00 e o Rosé R$899,00. Quando fui à loja deles na José Paulino vi este vestido amarelo por R$259,00 no atacado, vontade de morrer com esses preços.
Na semana seguinte, antes de ir à José Paulino eu fui parar na Feira de Vestido de Festa, uma loja muito conhecida do Bom retiro que o Brasil inteiro vai atrás para comprar, são 5 lojas uma ao lado da outra com vestidos curtos, e longos com pedraria, vestidos por no mínimo R$1000,00, a outra por no mínimo R$300,00 e um outlet. Mas, minha gente, o amarelo pastel não existia em nenhuma destas lojas! E quando achei que ia começar a chorar, lembrei da José Paulino e eu estava a 4 ruas dela. E a saga continuou.
Achei dois vestidos amarelos, o primeiro foi na Art Blue (Rua José Paulino, 790) mas o material era bem ruim tadinho, ele tinha várias possibilidades de uso mexendo nas alças e eu adorei o formato que ele ficou nos ombros, custava R$150,00, mas o tecido deixou muito a desejar. Já o segundo, era quase uma cópia do amarelo da M Morgado, mas sem as pérolas, e por R$359,00, - notaram a diferença de preço?
Tons de amarelo pastel (Imagem acervo pessoal)
E quando eu estava na Lalá Cruz, chateada por não encontrar um vestido que fosse todo amarelo pastel, que eu não precisasse fazer tantos ajustes (nesse primeiro eu estava com 3 clipes segurando o excesso do PP), eu achei no meio das araras um! Inteiro amarelo pastel, com bordado de renda por cima, pequenas lantejoulas, sem nenhum decote no meio dos peitos, e, manguinha! E foi ele o eleito, por R$440,00, na loja Lalá Cruz (Rua José Paulino, 586 - 1º andar, sala 13). As meninas que me atenderam foram muito simpáticas e os preços estavam ótimos. Aqui abaixo o detalhe dele, porque só vou mostrar inteiro no post do casamento:
Detalhes do vestido escolhido (Imagem acervo pessoal)
Para continuar acompanhando as demais escolhas do projeto madrinha, acompanhe os posts do blog, toda segunda, quarta e sexta. Curta a gente no Facebook aqui do lado direito, e siga nas redes sociais @vsusaki no Instagram e Twitter e Van_Ssk no Snapchat.

4 comentários:

  1. Gostei heim!!! Vou me formar esse ano e tenho que começar a ver vestido tbm =) Parabéns, curti o post!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aqui em São Paulo tem várias opções! :D

      Excluir
  2. vestido de festa é um saco pra achar, né?
    já to até pensando na dor de cabeça que vai ser quando eu me formar daqui a dois anos hahahaahah
    enfim, curiosa para ver fotos do escolhido!!!

    Beijos,
    Isabella
    The Urban Trends

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Isa, tudo bem?

      Deu o maior alívio quando consegui achar o que estava procurando, por um preço mais justo e com um único ajuste para fazer: a barra.
      Continua acompanhando aqui que ainda vai vir: penteado, maquiagem e acessórios :)

      Beijo!

      Excluir

Deixe seu comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...