Slide

Resenha restaurante: Aze sushi



 Postado por Amanda Leal
Oi gente, hoje eu quero contar pra vocês  a minha experiência gastronômica no Aze Sushi. Esse restaurante foi escolha do meu amor para comemorarmos nosso aniversário de namoro, e ele como bom observador aproveitou a onda do Grubster (leia mais aqui!) e fez nossa reserva.
 
Foto do site: sao-paulo.restorando.com.br

O restaurante está localizado em uma área “nobre” de São Paulo (R. Dr. Renato Paes de Barros, 769 – Itaim Bibi) e conta com uma arquitetura que mistura  traços contemporâneos e símbolos tradicionais japoneses.  O ambiente é moderno e confortável, com estampas de mangá em suas paredes e uma passarela legitimamente oriental que remete aos tradicionais jardins japoneses.  Com um atendimento  e equipe fantásticos, são muito educados e extremamente ágeis, informam e esclarecem ao cliente de maneira cordial e objetiva sobre os pratos da casa.


Um dos pontos mais interessantes eu só descobri depois, mas achei um diferencial perspicaz. O Aze sushi é um dos pouquíssimos restaurantes japoneses no Brasil  que utilizam a técnica milenar do sushi Edomae e devo dizer, realmente traz um toque diferente ao que nosso paladar brasileiro chama de sushi. 
 
Foto: Google Imagens

O restaurante proporciona experiências palatais com uma culinária japonesa nem tão “conhecida” por nós aqui no Brasil, evidenciando-se em suas iguarias pouco “convencionais” para os cardápios dos restaurantes “japa” por essas bandas daqui. Os ussuzukuris (ou carpaccios) de polvo, ao tempero de óleo de gergelim e curry, e de garoupa, com o peixe cortado em lâminas quase transparentes ao molho cítrico ponzu são simplesmente deliciosos (isto vindo de uma pessoa que assumidamente detestava polvo preciso admitir!). Cada uma dessas entradas custa  em torno de R$ 28,00. Os sushis têm por base um arroz californiano e para cobrir os pares de bolinhos há olho-de-boi polvilhado de raspas de limão e flor de sal (R$ 18,00), cavalinha fresca marinada (R$ 15,00) e atum (R$ 20,00). Da cozinha, saem opções como a caprichada pancetta chamuscada no maçarico ao missô doce com um toque picante de pimenta dedo-de-moça (R$ 45,00) e o crocante siri-mole frito (R$ 30,00), assim como o  tempurá misto de camarão e vegetais (R$ 65,00), entre outros (você pode conferir o menu aqui no site do restaurante).


Um jantar para dois, incluso a bebida saiu em torno de R$220,00 (er... salgado, eu sei!!! >.<) e que vale cada centavo por se tratar de uma experiência inesquecível e, arrisco a dizer, de verdadeiro contato com a culinária oriental japonesa. 

Se quiser visitar algo legal, com pratos deliciosos, experimentar novos sabores e desfrutar de bons momentos, ou até mesmo para celebrar algo especial, este restaurante vale MUITO a pena!


Agora, quanto ao dress code. Por ser um restaurante localizado em uma área nobre da cidade o ideal é que você dê uma caprichada no visual (não disse Black tie, hein?! rs), e aposte em peças descoladas, que vistam bem  e que além de te deixarem linda, também sejam confortáveis de se usar. Eu diria para apostarmos na onda das estampas de azulejo, vestidos com estampas étnicas; ou até uma combinação de peças “simples” como um jeans escuro com bom corte, uma blusinha lisa e arrasar nos acessórios com um belo maxi-colar, ou maxi-brincos. Combine com salto e uma clutch ou bolsa pequena a tira-colo arrematando o look com uma maquiagem mais caprichada, mas sem pesar a mão!

Camisa de porcelain print (Google)
 
Jeans mais escuro, sem erros (Lookbook.nu)

 
Vestido com estampa étnica (Google)
Até a próxima!!


Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

Deixe seu comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...