Slide

Diário dorama: Fight my way

Faz um tempinho que não dou dica de dorama para ver né? Estava gravando em vídeo com a Denise, mas por problemas técnicos estamos paradas no momento. Por isso, vim fazer resenha escrita mesmo de um dorama chamado Fight my Way feito em 2017 e que me emocionou muito.
Ele tem um roteiro bem real e se você está sentindo a crise no Brasil com a falta de emprego, vai se identificar horrores com os 4 personagens principais.

Pôster Figh my way | (Imagem de divulgação Drama Fever)
São três amigos de infância que se unem a um quarto no ensino médio, eles são: Go Dong Man (Park Seo Joon) o mocinho, Choi Ae Ra (Kim Jo Won) a mocinha, Baek Seol Hee (Song Ha yon) a melhor amiga da mocinha e o Ahn Jae Hong (Kim Joo Man) o melhor amigo do mocinho e namorado da Seol Hee.

Todos eles têm perto dos 30 anos e se encontram em um realidade totalmente diferente da que imaginaram enquanto eram mais jovens, Go Dong Man era lutador de Tae Kwon-Do e atualmente é dedetizador, Choi Ae Ra queria ser apresentadora de jornal, mas é atendimento ao cliente em uma loja de departamentos, Baek Sool Hee queria estar casada e com filhos, mas é atendente de telemarketing e o único que consegue alguma coisa é o Ahn Jae Hong, mas trabalha muito ganhando pouco. Já se identificou com alguma história?

 Jae Hong que namora a Sool Hee,  Dong Man o mocinho e Ae Ra a mocinha | (Imagem de divulgação Koreaportal)

O dorama começa nessa atualidade em que nenhum deles está confortável, o casal coadjuvante trabalha na mesma empresa e não podem contar que namoram, para complicar uma estagiária entra e começa a gostar do Jae Hong, mas Sool Hee vai ter coragem de enfrentar este problema para casar com o namorado de anos, depois de aguentar tanto tempo trabalhando para apoiá-lo?

Choi Ae Ra se formou em uma faculdade simples de jornalismo com o sonho de virar apresentadora, todo ano ela leva um não da KBS (tipo a Globo de lá), será que ela continua persistindo no sonho, ou tenta crescer dentro da loja de departamentos? Go Dong Man era o melhor lutador da liga juvenil de Tae Kwon Do, mas em um campeonato acabou perdendo a luta de um modo estranho e nunca mais quis saber de pisar no ringue. Ele gosta de ser dedetizador?
Cena do dorama Figh my way | (Imagem Starship)
Se você pensa que vai ser fácil sair dessa situação só porque é um dorama, está bem enganado. Justamente por ser tão perto do real, a gente sofre junto com os personagens, nesta cena Ae Ra desabafa com Dong Man por ter perdido uma oportunidade por QI - quem indica. É injusto? Sim, mas vive acontecendo até mesmo por aqui.

Para piorar ela gostou de Dong Man por anos e nunca foi correspondida, e a ex dele é uma das melhores apresentadoras do país. Quer mais humilhação? Então assiste esta série e veja como cada um deles conquistou seu caminho, após inúmeras tentativas. É aquela história que mostra que todo mundo tem uma luta na vida, que a gente nem sempre sabe.

Dá para ver pela VIKI de graça - assistindo aos comerciais no meio. E quem já viu ou for ver, me conta se gostou!
Aproveita e me segue nas redes sociais @vsusaki no Instagram e Twitter.

28 comentários:

  1. Muito intrigante a história, não conhecia.

    Beijos

    www.cuidadosevaidades.com.br

    ResponderExcluir
  2. Eu já gostei do que li e com certeza fiquei com vontade de assistir!
    Beijos ♥
    www.silalmeida.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando assistir vem contar o que achou

      Excluir
  3. Looks really interesting.
    Nice post.

    Ann
    https://roomsofinspiration.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Nunca vi um dorama, fiquei curiosa em ver.

    Big Beijos,
    Lulu on the sky

    ResponderExcluir
  5. Sounds interesting! I like when you can relate to the story.

    www.fashionradi.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Yes, it seems the world isn't unfair just with you LOL

      Excluir
  6. Vân, confesso que não sou fã do gênero não. Mas sabe que esse até me deu vontade de assistir?

    Beijo!
    Cores do Vício

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A história é muito boa Pathy, e são só 16 capítulos, você vê um atrás do outro

      Excluir
  7. Amei a abordagem do dorama, tem uma pegada mais real do jeito que eu gosto. Já quero assistir ♥
    Charme-se

    ResponderExcluir
  8. Que legal, ainda não conhecia a história, mas já fiquei bem entusiasmada para conhecer!

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  9. Adorei a proposta da série, e melhor ainda que dá pra ver de graça, já to salvando aqui haha.

    Beijosss
    Mari Dahrug
    https://www.rabiskos.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Viki é um vício Mari, complicado. Mas, veja que é demais a série!

      Excluir
  10. Eu nunca assisti nenhum dorama, até por que nenhum nunca havia chamado minha atenção ainda. Eu gostei bastante do tema desse dorama, é legal quando a gente se identifica com os personagens. Assim que possível vou assistir.
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, e fazer as resenhas também ajuda a divulgar melhor, eu gosto de mudar um pouco das séries americanas, que é mais do mesmo.

      Excluir
  11. Adorei essa resenha, sempre tive curiosidade desses programas, mas nao tinha assistido! Muito legal! Bjs

    www.deboradahl.com

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, e obrigada!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...