Slide

Top 3 k-dramas para assistir

Enquanto todo mundo mergulha na tristeza de 13 reasons why, eu sigo firme tentando conhecer mais da cultura asiática e rindo com o jeito leve deles de fazer comédia e dramas. Quem já viu eu postei aqui os 5 doramas japoneses que já assisti, e hoje trago os top 3 coreanos que vi nessas semanas que se passaram. 
A melhor parte foi poder tirar um pouco do preconceito e falta de conhecimento que tinha sobre a Coreia do Sul, conhecer mais sobre as cidades e os costumes deles tem sido um aprendizado valioso, e espero que vocês que estejam procurando coisas novas também possam desfrutar disso.

Boys over flowers

Este dorama coreano é baseado em um mangá/ anime (1992) e também em um dorama japonês (2003) chamado Hana Yori Dango. Eu não vi a versão japonesa, quem viu os dois disse que são bem diferentes, mas eu recomendo a versão coreana de 2009 - disponível pelo Netflix -, porque eu ri e chorei bastante.

O resumo da série é o seguinte, há na cidade de Seul uma escola e faculdade mantida pelo maior grupo de negócios do país em que só estudam pessoas ricas, incluindo os herdeiros deste grupo. Porém, um belo dia a Jan Di, filha de donos de lavanderia, foi fazer uma entrega na escola e acaba salvando a vida de um aluno. Com a confusão na mídia, ela ganha uma bolsa integral e é a única aluna pobre a frequentar o ambiente da alta sociedade, mas o F4 (formado pelos 4 alunos mais ricos) não vai deixar barato e começará a fazer bullying com ela. A partir de então, esta moça começa a transformar a vida de todos eles.

Boys over flowers (2009) | (Imagem encontrada em pesquisa pelo Google Imagens)
O que eu mais gosto deste dorama é que a Jan Di mesmo sendo a boa mocinha, não leva desaforo para casa. Ela tem uma personalidade forte, é honesta e ao mesmo tempo doce. Em algumas partes da história achei que teve drama demais, e umas reviravoltas meio desnecessárias lá pelo fim, mas ela passa por cima de tudo e, diferente de contos de fadas, acaba conseguindo sucesso por conta própria. Foi meu primeiro dorama coreano e é considerado um clássico, além de ter umas músicas de k-pop que grudam na cabeça.

Casamento não namoro

Uma amiga da minha irmã indicou este dorama por ser algo mais adulto, é engraçado ver como eles respeitam o casamento e o compromisso na Coreia através desta história. Pode ser visto no aplicativo Viki.

Jang Mi é uma moça que está saindo com Hoong Dong há um ano e deseja que o relacionamento tome um passo adiante, mas ela não conta com o fato que o rapaz e seu amigo, correm para longe ao ouvir falar de casamento. Gong Gi-Tae é o amigo de Hoong Dong e é cirurgião plástico, sua mãe está sempre tentando fazer encontros às cegas para que ele se case, mas ele consegue escapar de todos fazendo as pretendentes o odiarem. Após ser descartada por Hoong Dong, Jang Mi é confundida pela mãe de Gong Gi Tae como sua namorada, fazendo com que o cirurgião a coloque em um plano para que sua mãe pare de forçá-lo a se casar, transformando todas as situações em verdadeiros barracos juntos com a Jang Mi - enquanto isso, tudo o que Jang Mi quer é encontrar alguém que a leve a sério.

Casamento não namoro (2014) | (Imagem de divulgação)
A Jang Mi é minha personagem preferida dos doramas que já vi, não porque seja barraqueira, mas porque é sincera. Claro que, a maior parte das confusões é sempre causada por falta de comunicação, só que o enredo acaba mostrando a realidade sobre o motivo das pessoas não quererem se casar, enquanto outras querem se casar. O dorama é mais adulto e eu indico para quem gosta de dar risada, quer conhecer mais sobre a cultura coreana e também sobre a comida, eles comem e bebem o tempo todo. 

Personal Taste

Eu virei fã do ator Lee Min Ho, o Gu Jun Pyo do Boys over Flowers, e por isso decidi ver os outros doramas que ele fez depois. Este Personal Taste é outra história queridinha de quem curte um drama, também é de cunho mais adulto e trabalha com o universo da arquitetura na Coreia.

Park Gae In é uma designer de móveis que vive um namoro um tanto infantil com Chang Ryul, mas que logo no primeiro capítulo leva um fora do namorado e acaba descobrindo no dia do casamento de sua melhor amiga, que ele é o noivo. Desolada, ela volta para casa tentando entender a situação e ainda descobre que seu amigo roubou todo seu dinheiro e se ela não pagar um empréstimo, pode ainda perder a casa em que mora, Sanggojae, criada por seu pai um brilhante arquiteto.
No meio disso tudo a famosa galeria de artes Dam abre licitação para as empresas de arquitetura projetarem seu novo centro de arte contemporânea, e Jin Ho quer vencer o projeto para se vingar da família de Chang Ryul, mas o segredo para ganhar a frente na competição é justamente conseguir colocar o conceito da Sanggojae no projeto, que foi negado pelo pai de Park Gae In.
Mas, como Jin Ho pode conseguir entrar na vida de Park Gae In? Pedindo o quarto que ela põe para alugar porque precisava de dinheiro, porém, fingindo ser gay.

Personal Taste (2010) | (Imagem de divulgação)
Eu demorei uns 5 capítulos para conseguir gostar da Park Gae In, me forcei a ver porque é um dos doramas coreanos mais bem votados, mas foi difícil. Ela é muito ingênua, não sabe se virar sozinha, mal toma banho, arruma a casa ou sabe cozinhar, ou seja, o Jin Ho precisa ensinar quase tudo a ela e fingir ao mesmo tempo que é gay. Só ao longo da série é que quem assiste entende que ela é assim porque cresceu sem mãe e tem uma relação terrível com o pai, ou seja, não teve alguém que a ensinasse as coisas da vida. Eu terminei nesse fim de semana de ver e já estou com saudades do Jin Ho, os capítulos finais são os mais tensos, e também os mais legais, recomendo.

Ele pode ser visto pelo Dorama Fever, para assinar precisa ter crédito no Google Play ou cartão internacional, e custa U$2,99 - cerca de 12 reais, por um mês.
Quem já tiver assistido algum dos doramas me fala abaixo se gostou, e se tiver indicações me falem também, estou adorando este novo universo.

Sigam minhas redes sociais @vsusaki no Instagram e Twitter, amanhã é meu aniversário aproveitem para me dar parabéns por lá.


2 comentários:

  1. HAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA de 3 assisto 2 !! Agora com sua recomendação irei assistir o terceiro! "Gomabseubnida" *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Menina traduz aí que eu assisto, mas acho que só aprendi umas 5 palavras em coreano, essa não sei o que é! Hahaha Bjo!

      Excluir

Deixe seu comentário, e obrigada!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...