Slide

Batom Margarida Essenze di Pozzi Evelyn Regly

Hello people, tudo bem? Hoje tem a resenha do batom que indiquei no post de quarta, ele é o Margarida da Essenze di Pozzi da coleção da Evelyn Regly, que custa R$16,90 e é matte.
Usei-o por dois dias antes de fazer a resenha, e aproveitando o post vim mostrar o demaquilante bifásico da mesma marca, que ganhei para testar do stand na Beauty Fair - viu como estou cumprindo a promessa das resenhas? 
Margarida Essenze di Pozzi Evelyn Regly | (Imagem acervo pessoal)
O batom na bala em si na luz dentro de casa é muito mais puxado para o roxo, mas quando eu passo na boca e coloco ele na luz natural ele é um pink. 
O efeito é realmente matte, mas na hora de passar na boca achei meio seco, tive que forçar um pouco. Depois, a textura é boa, parece que estou de batom, mas não fica pegando e nem craquelando. Ele passou no teste da transferência, que deixa uma leve marca no papel e na mão. 
Beber com ele também é ok, não marca o copo, ele ficou bom por umas duas horas, quando tive que almoçar. Daí, deslanchou, saiu quase que por completo.
Margarida na boca | (Imagem acervo pessoal)
Como um batom cremoso ele vai precisar de retoques, mas pelo preço acho que está de bom tamanho, visto que a cor é bem bonita e nem todos sobrevivem a hora das refeições.
Aproveitei então que estava com ele na mão e testei com outros batons em bala e líquidos que tenho, para comparar a fixação na hora de passar o demaquilante.
Demaquilante bifásico Essenze di Pozzi | (Imagem acervo pessoal)
O demaquilante bifásico que recebi é uma amostra grátis de 30ml, a versão normal tem 150ml e custa R$31,70. Ele promete remover a maquiagem mais difícil, incluindo à prova d'água.
Mas, não foi bem o que eu vi, observem abaixo:
Antes e depois de passar o demaquilante | (Imagem acervo pessoal)
O primeiro batom no braço é o da própria Essenze di Pozzi, o segundo é da Paiolla, o terceiro é Dailus, o quarto é Eudora e o último é Vult. Quando passei o primeiro algodão, o da Vult, Dailus e Essenze saíram, mas o da Paiolla borrou quase todo o resto. Ou seja, usei uns quatro chumacinhos de algodão para tirar todos do braço com o demaquilante, e mesmo sendo bifásico notei uma maior oleosidade. Dos 5 batons apenas o da Paiolla ainda ficou meio manchado, então o demaquilante leva uma nota 7, já que o da Paiolla não é à prova d'água.
Espero que tenham gostado da resenha! E acompanhem minhas redes sociais, hoje embarco para uma viagem bem bacana e pretendo mostrar pelo Instagram e Snap: @vsusaki (Insta e Twitter) e Van_ssk (snapchat).

1 comentários:

  1. Nossa amiga que batom lindo!!! Eu amei essa cor!! Preciso de um desse rsrsrs amei a resenha!

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...