Slide

Entenda a expressão: "não tenho roupa"

O post de hoje é uma reflexão da frase mais citada pelas mulheres quando estão tensas para um evento social como: encontrar os amigos, festas, encontro com namorado, viagens, etc. E é de utilidade pública para a maioria dos homens, ou pessoas, que não entendem a expressão: "Não tenho roupa".
Não tenho roupa (Imagem Ramp Diary)
Eu sigo o Felipe Neto no Snapchat (felipenetoreal) e ele comentou sobre o fato da expressão ser tão falada pelas mulheres e muitos homens não entenderem, e então, ele deu a explicação mais lógica e verdadeira que eu já vi alguém expressar, por isso decidi fazer o post.
Em primeiro lugar vocês tem que entender que mulheres e homens reparam nas roupas das mulheres em geral, pode ser que nem todo homem saiba da sua blusa preta com detalhe vermelho, mas o seu namorado, pai, irmão ou melhor amigo vão saber dela se você a usar com certa frequência. As amigas então, costumam decorar seu guarda-roupa, ainda mais se a tal blusa foi uma pechincha de uma marca cara que todas elas desejam para si.
Além disso, temos um círculo social (trabalho, faculdade, família, amigos) que participamos sempre, o que nos dá um ciclo temporal para usar as roupas. Se todas as vezes a gente usar a tal blusa preta com detalhe vermelho no aniversário do sobrinho, no jantar da sogra, na apresentação do trabalho ou no barzinho, terá um infeliz ou uma infeliz que vai dizer: - Mas, de novo essa blusa? Vai andar sozinha daqui a pouco.
Isso, quando nós mesmas já não cansamos das roupas que temos e quando queremos variar, olhamos para o ciclo temporal: "fui com ela na semana passada para o trabalho, usei anteontem para ir ao churrasco, pode ser boa para ir ao cinema com as meninas semana que vem, etc". E nos damos conta de que já usamos várias vezes as mesmas combinações e queremos coisas novas. Por isso, se a sua mulher, namorada, amiga, irmã é convidada de última hora para algo que ela considera importante e quer ir arrumada, e se encontra em um ciclo temporal repetitivo de roupas que ela já cansou, mesmo com 10 vestidos, 20 blusas, 10 saias, 15 calças, ela vai te dizer: - Eu não tenho roupa.
Meu namorado usa o mesmo terno para ir em eventos sociais há 5 anos, e ninguém nunca reparou. Se eu usar o mesmo vestido, assim como ele usa o terno, mesmo variando penteado e acessórios, uma hora alguém vai vir fazer aquele comentário infortuno: - Mas, você só tem essa roupa?
Embora possa ser uma implicância social que as mulheres pudessem relevar, chega uma hora que cansa mais a gente, do que aos outros. 
Será que deu para entender?

E se você é mulher e concordou com o texto e sabe que com essa crise comprar roupas novas é quase impossível na quantidade que você deseja, leia mais o blog e procure por looks com roupas do armário, ou dicas de como combinar as roupas e acessórios certos, muitas vezes conseguimos fazer produções inusitadas que 'enganam' as pessoas, e elas acabam nem reparando que é a mesma peça de duas semanas atrás. Isso, claro, até você juntar um $$ e ficar mais feliz fazendo uma nova compra. :D
Cena do filme: "Os delírios de consumo de Becky Bloom"
Outra dica é juntar amigas com medidas semelhantes e fazer um bazar de troca, não vai custar nada e vai renovar as opções do mesmo jeito.
Se você gostou do post, me segue também nas redes sociais @vsusaki para Twitter e Instagram e Van_Ssk no Snapchat.

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

Deixe seu comentário, e obrigada!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...