Slide

Viajando para o Chile parte 1



Não estava nos planos de 2015 fazer uma viagem para Santiago, no Chile, mas o desejo de viajar está sempre presente na minha vida. Em meados de outubro a Juliana Góes fez um vídeo muito bacana com a Dani Noce falando de planejar viagens, lá ela deu a dica do site que ela acompanha para ver passagens aéreas em promoção.
Vista dos Andes pelo avião
O site se chama Melhores Destinos, e ele mostra as promoções de várias companhias aéreas do Brasil, tanto para viagens nacionais como internacionais. Daí que pintou a oportunidade de ir para Santiago com ida e volta com as taxas incluídas pelo valor de R$612, ou seja, eu não poderia perder.
Compramos as passagens em novembro e escolhemos a data de 7 de dezembro até dia 11 de dezembro, para pegar a volta na promoção também. Meu namorado que estava com o passaporte vencido conseguiu tirar um novo em uma semana, o sistema da PF está muito bom neste quesito, mas o valor aumentou em R$100, mas agora o passaporte tem 10 anos de validade.
Depois disto, fizemos pesquisas de lugares em Santiago que gostaríamos de conhecer, como Viña de Mal, Valparaíso e pontos turísticos. O Valle Nevado só foi descartado porque não há neve suficiente para esquiar nesta época do ano, afinal o Chile é América do Sul e eles também estão no verão.
Rua arborizada do centro de Santiago
A parte mais legal é que tem sol até 21h30, é apenas uma hora a menos em relação ao fuso horário de Brasília e o clima é mediterrâneo, ou seja, faz bastante sol, é seco e não chove.
Escolhemos fazer um seguro viagem da Mondial especial para América do Sul, e mais para frente conto a necessidade dele em uma viagem.
O dinheiro para levar foi calculado na média de Buenos Aires, nossa moeda vale cerca de 5x mais que a moeda deles, mas a maior parte dos preços das coisas são equivalentes, optamos por separar cerca de R$250 por dia, para transporte, alimentação e compras avulsas.
Vista aérea das cidade, de frente para Cordilheira dos Andes
E a hospedagem foi feita pelo airbnb, preferimos alugar um flat do que um quarto de hotel, para 4 noites sairia cerca de R$300 mais barato. Escolhemos este aqui.
Foi a primeira vez que voei pela Gol e gostei bastante da experiência, o voo dura aproximadamente 4 horas e é servido uma refeição. As poltronas reclinam bem, e dá para dormir sem encostar em um desconhecido.
Vista de São Paulo, na volta.
Estas são as fotos que fiz dentro do avião na ida (Cordilheira dos Andes, e na volta, São Paulo). O próximo post vai falar de restaurantes, acompanhem :D
Há fotos no meu Instagram (@vsusaki) para quem quiser ver algumas coisas antes.

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

Deixe seu comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...