Slide

Decoração com Cobogó



Mudar um pouco o espaço em que vivemos ou trabalhamos é importante para reciclar energias, dar mais ânimo e trazer um pouco mais de nossa personalidade aonde convivemos e moramos.
Tenho tido uma vontade enorme de repaginar duas áreas da minha casa, por isso as pesquisas na parte de decoração estão sempre em alguma parte do meu dia. Hoje resolvi trazer a vocês uma verdadeira arte que dá uma diferença muito legal nos espaços, o cobogó.
Cobogó dividindo ambientes (Imagem encontrada no Google Imagens)
Demorei para conseguir pronunciar sem problemas a palavra, e fui investigar a sua origem (como boa letrada) que é nordestina. O tijolo (ou algum outro material utilizado) vazado com desenhos criativos foi criado na década de 20 por três engenheiros: Amadeu Oliveira Coimbra, Ernest August Boeckmann e Antônio de Góis. Para batizar a então descoberta arquitetônica decidiram unir as iniciais dos três sobrenomes: Coimbra + Boeckmann + is. E mesmo com sobrenome estrangeiro, achei que ficou um nome bem brasileiro.
 
Cobogó como corrimão (Imagem Apponto)
Trouxe então algumas fotos como inspirações e dicas de como usar este elemento em diferentes partes da casa, já que seu propósito é garantir a maior entrada de luz e arejamento nos cômodos em que é utilizado.
O mais legal é que atualmente a arte do cobogó é aplicada em diferentes materiais como o vidro, madeira, cerâmica, argila ou porcelana, depende do acabamento preferido para a obra.
Divisão de suíte (Imagem Lokoora)
Gosto de pensar em uma parede de cobogó como divisor dentro de um quarto, uma sala, ou em um loft para determinar os espaços. Os blocos separados também servem de artigos de decoração.
Na decoração (Imagem encontrada no Google Imagens)
Ainda não fui atrás de preços, mas ouvi dizer que os blocos são caros, e isso me entristece. Se é algo criado no Brasil, então por que não pode ser mais barato, ou com menos impostos?
Espero que tenham gostado da pauta como inspiração, fazia um tempinho que não falava de decoração, e eu gosto muito.

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

Deixe seu comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...