Slide

Um sábado em Campos do Jordão



Quem acompanha o blog sabe que moro em São Paulo, mas viajo sempre para Taubaté, pois meu namorado fica por lá. Nunca tinha feito um post sobre Campos do Jordão por que Taubaté fica tão pertinho de lá que costumo ir, ao menos, uma vez por ano passear na cidade, que não conto como dica de viagem.
Mas, visto que faz tempo que não dou pitaco sobre algum lugar novo, que tal saber como foi meu sábado por lá?
Araucárias no Gato Gordo (acervo pessoal)
A ideia era almoçar e conhecer de um a três pontos turísticos até umas 18hs, já que levei duas amigas para passar o dia por lá que não conheciam a cidade.
Fomos almoçar no Gato Gordo, restaurante muito bem recomendado e próximo ao Horto Florestal de Campos. O preço não é lá muito em conta, mas em alta temporada nada por ali sairá menos que R$50,00 por pessoa.
Truta com shitake, batatas e brócolis - a truta estava despedaçada (acervo pessoal)
Pedi um filé de truta assado com Shitake na manteiga, mais batatas e brócolis. A foto não ficou bonita, mas o prato estava muito apetitoso! Paguei R$60,00 nele e tive que pedir ajuda para terminar de comer. O Vinicius e a Amanda pediram uma massa, cerca de R$48,00 e disseram que apesar de simples, estava perfeita.
Pátio do Palácio da Boa Vista - Amanda, eu e a Luciana (acervo pessoal)
Depois partimos para o Palácio da Boa vista, construído em 1930-40 para sediar visitas de governadores e seus convidados. Já tinha ido outra vez e o passeio foi bem maior, neste sábado a visita durou no máximo 10 minutos, muitas alas estavam fechadas. A melhor parte é poder ver de perto obras verdadeiras de artistas brasileiros consagrados como Tarsila do Amaral e Anita Malfati. A entrada é de graça.
 
Palácio da Boa Vista (acervo pessoal)
A vista é espetacular de lá de cima, o outro lado da cidade que avistamos, um pouco diferente do Morro do Elefante. Ótimas fotos podem ser tiradas ali, principalmente quando faz sol, avistamos até a presença de um ilustre Tucano, ou carinhosamente, o Tutu.
Tucano (acervo pessoal)
De lá resolvemos terminar a tarde passeando pelos caminhos e lojinhas do centro do bairro Capivari, o ‘point’ da galera. Como o inverno começou no domingo, 21, a cidade já estava bem cheia. Compramos chocolates, eles comeram fondue individual de frutas, eu comi um waffle, e visitamos lojas de roupas, que já estavam apresentando descontos de até 40% na liquidação de inverno. Mas, a dica é não confiar nestes preços, pois tudo em alta temporada é meio exagerado por lá, incluindo as roupas.
Sempre que visito a cidade compro queijadinhas na Matterhorn, que é um empório e também um restaurante. Aproveitei para experimentar e comprar duas geleias de frutas vermelhas e amora, que são fabricadas na região de Campos.
Vista de Campos do alto do Palácio (acervo pessoal)
E terminamos comprando chocolates no Bruno Alves, que o preço é mais justo e as barrinhas não têm gosto de cera, rs. Lá cerca de 3 barrinhas (100g) saem por R$13,00, e as trufas estão a R$25,00 cada 100g. Dói a alma, mas vale à pena.
Se quiser ver as fotos antes dos posts é só me seguir no Instagram @vsusaki.

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

Deixe seu comentário, e obrigada!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...